O que é Captação de Recursos?

Por Nathalie Segin

As organizações da sociedade civil, mais comumente conhecidas por ONGs, necessitam de recursos e, por isso, desenvolvem uma estratégia específica para consegui-los, podendo cumprir sua missão e gerar impacto real na sociedade. E essa estratégia nós chamamos de captação de recursos. 

A captação de recursos é um processo estruturado por uma organização com a finalidade de conseguir contribuições voluntárias, podendo apresentar caráter financeiro ou não. Esses recursos podem ser doações de indivíduos, empresas, governos ou outras instituições. Ela se torna uma competência estratégica e fundamental para sustentabilidade financeira das ONGs, por esse motivo, uma organização da sociedade civil não deve ficar sem um plano ou um profissional que priorize o assunto.  

Contudo, existem exceções, algumas organizações da sociedade civil não necessitam da captação de recursos pois têm um orçamento próprio garantido. Isso ocorre com os institutos corporativos e as instituições familiares, fora estes exemplos citados, o resto das organizações necessitam dessa estratégia.  

Existem diversas formas de realizar uma captação de recursos, algumas são mais comuns e conhecidas e outras não se fazem tão presentes no cotidiano das pessoas.  

A primeira possibilidade para captar recursos é a realização da estratégia conhecida por “Face to face”, ela consiste no contato direto dos captadores com as pessoas em ambientes públicos, o que a torna uma “captação humana”. Ela foi criada pelo Greenpeace na Áustria nos anos 90 e aqui no Brasil é utilizada atualmente por ONGs de diversos tamanhos. 

Outros dois tipos de captação muito comuns são as campanhas de doação e a realização de eventos beneficentes. Enquanto um vai até os doadores para incentivá-los, o outro faz com que as possíveis doações vão até ele. Exemplos comuns são o Criança Esperança, Telecom e o LIVEAID.  

Uma estratégia que se popularizou recentemente devido à internet é a do financiamento coletivo, que se apoia em sites criados com a finalidade de realizar a famosa “vaquinha” para ajudar alguma causa. Normalmente as doações são pequenas, mas acabam arrecadando um grande número graças ao enorme alcanço que a internet tem atualmente. 

Por fim, a menos conhecida pelo grande público, mas muito utilizada é chamada de Captação por meio de editais e consiste na elaboração de uma proposta de projeto para ser apresentado para organizações privadas e públicas, nacionais ou internacionais, afim de receber investimento.  

A opção pelo edital forma um processo muito mais democrático e igualitário, além de demonstrar a seriedade do investimento pois a modalidade demanda um processo de seleção pública e com regras bem definidas. Dessa forma, qualquer organização candidata ao investimento, desde que alinhada ao foco do edital, pode participar com a expectativa de que seu projeto ou iniciativa será avaliada por uma comissão de especialistas idôneos de acordo com critérios previamente anunciados. 

 A Ínteri Jr trabalha exclusivamente com esse tipo de captação e elabora o projeto do começo ao fim para que não haja problemas para receber o investimento dessas organizações. Sabemos que para esse tipo de captação é necessário muito profissionalismo e dedicação, por tanto, possuímos uma equipe dedicada e criativa, que sabe que o trabalho dela é fundamental para conseguir os recursos tão importantes para que a ONG continue com suas atividades, sendo impactante e cumprindo integralmente sua missão. 

 

Encontre-nos nas redes sociais:

Deixe um comentário

http-interijr-com
Please wait...

Inscreva-se na nossa newsletter

Receba notícias de comércio exterior; fique por dentro de tudo o que está acontecendo na Ínteri Jr. e receba oportunidades de carreira e investimentos no exterior.